Bem-vindo(a) Visitante sair | minha ufmg
SIEX/UFMG
Ações de Extensão
Georreferenciamento
Contato e Suporte
 
       

Projeto - 403418 - PETROCHRONICS (Petrochronology+Geodynamics)

Registro: 403418
Aprovado pelo CENEX em: 05/05/2022
 
Status: Ativo
 
Título: PETROCHRONICS (Petrochronology+Geodynamics)
 
Data de início: 24/06/2019 Previsão de término:
01/01/2025
 
   
 
Data da última aprovação pelo Órgão Competente: 04/05/2022
 
Órgão Competente: Câmara Departamental
 
 
CARACTERIZAÇÃO
 
Ano em que se iniciou a ação: 2019
 
Unidade: Instituto de Geociências
 
Departamento: Departamento de Geologia
 
Programa vinculado: Centro de Pesquisa em Geociências Prof. Manoel Teixeira da Costa (CPMTC)
Principal Área Temática de Extensão: Educação
 
Área Temática de Extensão Afim: Tecnologia e Produção
 
Linha de Extensão: Educação Profissional
 
Grande Área do Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra
 
Palavras-chave: Petrocronologia (Petrochronology); Geodinâmica (Geodynamics); Petrologia (Petrology); Geocronologia (Geochronology); PETROCHRONICS
 
 
DESCRIÇÃO
 
Apresentação e justificativa:
A iniciativa PETROCHRONICS (Petrochronology+Geodynamics) inclui um grupo de pesquisas do Brasil e uma rede de colaboradores, focados na investigação e divulgação científica de técnicas petrocronológicas e suas implicações para a compreensão da evolução geodinâmica do nosso planeta.
Com o advento de novas técnicas analíticas como as de datação in situ e especialmente do amplo emprego do Espectrômetro de Massa com Plasma Indutivamente Acoplado (Laser Ablation Inductively Coupled Plasma Mass Spectrometry; LA-ICP-MS) nos últimos vinte anos, uma coleção excepcional de dados geológicos de idade tem sido produzida. Estes dados têm um papel fundamental em aprimorar e/ou desenvolver modelos de evolução geodinâmica, e paralelamente, revelaram também novas questões geológicas. Como resultado, novas técnicas analíticas e metodologias têm surgido nas Geociências para atender essa demanda. Dentro deste contexto, a Petrocronologia emergiu da necessidade de compreender os processos e as taxas nas quais eles ocorrem. A Petrocronologia integra dados cronológicos e evolução petrológica para obter “idades significativas” segundo Engi et al. (2017). Este ramo das geociências é definido por estes autores como “baseado nas investigações de amostras de rochas conectando tempo (i.e., idade ou duração) com processos específicos de formação de rochas. A Petrocronologia é fundamentada em petrologia e geoquímica, que definem um contexto petrogenético ou delimitam processos específicos, aos quais os dados cronométricos são então relacionados”. As pesquisas petrocronológicas envolvem a associação de observações macroscópicas com estudos microscópicos combinando petrografia detalhada com ferramentas avançadas, tais como geocronologia e parâmetros petrogenéticos, distribuições de elementos maiores e traços, modelagem termodinâmica, identificação de fases e termobarometria em inclusões com espectroscopia Raman e petrologia experimental. Esses dados são utilizados para compreender as condições físicas de processos petrológicos específicos na tentativa de interpretá-los à luz dos processos geodinâmicos de mega escala.
Apesar de recente, a Petrocronologia tem despertado o interesse de diversos grupos de pesquisas no mundo todo. No Brasil, investigações com este cunho impulsionaram a partir de 2014 e têm, cada vez mais, motivado pesquisadores e estudantes de graduação e de programas de pós-graduação, além de instituições de pesquisas. Entretanto, ainda são poucas as universidades brasileiras onde pesquisas petrocronológicas são desenvolvidas. Com o grupo de pesquisas PETROCHRONICS (Petrochronology+Geodynamics) a UFMG tem desempenhado um papel de destaque neste sentido, tanto no cenário nacional quanto internacional. Nosso time engloba geocientistas no Brasil (Universidade Federal de Minas Gerais, Serviço Geológico do Brasil, Universidade de São Paulo, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Universidade do Estado de São Paulo, Universidade Federal de Ouro Preto), Alemanha (Universität Potsdam, Ruhr-Universität Bochum), Austrália (Monash University), Estados Unidos (Michigan University), Itália (Universitá degli Studi di Cagliari) e Suíça (Universität Bern). Nossas ações incluem a organização de eventos como cursos, palestras, workshops e reuniões, os quais são abertos à comunidade. O objetivo é divulgar as ferramentas avançadas para interpretação dos processos geodinâmicos, promovendo a qualificação e discussões acadêmicas, bem como criar uma rede de colaboração entre pesquisadores que trabalhem com Petrocronologia, Geodinâmica e áreas relacionadas. A divulgação científica é feita também através de postagens criadas pelo nosso time no Instagram e no Twitter (@petrochronics) além de ações como participação em eventos e desenvolvimento de atividades para o público em geral.

 
Objetivos gerais:
Apresentar, incentivar, capacitar, atualizar e criar networking entre alunos de graduação e pós-graduação, professores e pesquisadores da UFMG e diferentes instituições colaboradoras sobre temas relacionados à Petrocronologia. Além disso, promover atividades em escolas do ensino fundamental e médio sobre as ferramentas utilizadas na Petrocronologia para compreensão de formação das feições do relevo terrestre e evolução da Terra. Divulgar conhecimento científico através das mídias sociais.
 
Objetivos específicos:
Apresentar e promover a Petrocronologia, através de cursos, palestras e atividades de divulgação científica, a capacitação e atualização de alunos de graduação, e pós-graduação, professores e pesquisadores de instituições públicas ou privadas. Como também incentivar a curiosidade, por questões científicas no âmbito das geociências, de alunos escolas e público em geral, divulgando, em linguagem acessível, as ferramentas petrocronológicas utilizadas para compreender tais questões e que produzem conhecimento seguindo a metodologia científica. O projeto compreende uma série de palestras e cursos de pesquisadores para apresentar o desenvolvimento de suas pesquisas em diferentes subáreas da Petrocronologia. Com o objetivo de promover discussões e colaborações entre alunos e pesquisadores da UFMG são feitas reuniões semanais com professores, pesquisadores e alunos de universidades. Com a retomada das atividades presenciais objetiva-se organizar ações voltadas para alunos das escolas. Além disso, objetiva-se a promoção de um grupo de networking para futuras parcerias de pesquisa. Como parte das atividades será ministrada em inglês o projeto busca a internacionalização das atividades de pesquisa, ensino e extensão do Departamento de Geologia e do PPGG-UFMG. Promover divulgação científica nas mídias sociais através de postagens criadas pelos colaboradores e membros do grupo, divulgando também a atuação do grupo de pesquisa PETROCHRONICS.
 
Metodologia:
Organização de série de palestras/workshops de Petrocronologia que contemple desde temas-base do conhecimento, ao estado da arte da Petrocronologia e suas aplicações na Geodinâmica. O principal objetivo dessa fase é fornecer conhecimento base para os alunos de graduação e pós-graduação, bem como manter a comunidade atualizada quanto as tecnologias, procedimentos e metodologias de ponta. Uma das ações é a série de palestras intitulada PTt-talk, com a apresentação de 10-12 palestras anualmente (base ano de 2021), com temas variados e convidados de instituições nacionais e internacionais. As palestras têm duração entre 50-70 minutos com mais 30-60 minutos de discussões e são ministradas em português ou inglês no canal do grupo no YouTube. Os membros da organização de extensão são os mediadores das apresentações e os participantes podem enviar suas perguntas pelos comentários do YouTube. Os temas selecionados serão, a partir de 2022, sugeridos pelo público através de pesquisas nas redes sociais do grupo. O grupo de extensão produz ainda publicações de fotos com feições de campo intituladas “Tuesday Field Memories” e de feições em lâminas, seguindo uma tendência na qual pesquisadores do mundo todo publicam fotos de lâmina no “Thin section Thursday”. Esse material é geralmente enviado por colaboradores do grupo e organizado pela equipe.
No âmbito da pesquisa científica, o grupo de pesquisas, composto por alunos de graduação, pós-graduação, professores e pesquisadores de instituições nacionais e internacionais se reúne semanalmente para discussões e apresentações de seus temas de pesquisas e artigos científicos.
Com a retomada das atividades presenciais, serão organizadas apresentações para alunos de ensino médio e/ou fundamental com objetivo de divulgar e popularizar a Petrocronologia, introduzindo e divulgando as aplicações da Petrocronologia através de atividades e palestras desenvolvidas por professores do Departamento de Geologia e pelos alunos da Pós-graduação em Geologia (Petrocronologia). Os temas da palestra serão, por exemplo:
- “Como é formada e quanto tempo demora a formação de uma montanha como o Himalaia?”
- “Como a química ajuda a contar a história da evolução da Terra?”
- “Por que queremos saber quantos anos uma rocha tem?”
 
Forma de avaliação da ação de Extensão:
Desde a pandemia de COVID 19, as ações de extensão do PETROCHRONICS migraram para o ambiente virtual através dos canais do YouTube, Instagram e Twitter. Desta forma, uma maneira de avaliar as atividades é através da participação do público, i.e., número de pessoas que assistem a palestra, comentários e perguntas enviados, número de pessoas que interagem com as publicações, número de inscritos nos canais e feedback do público. As atividades em escolas do ensino médio serão avaliadas através de questionários aplicados aos alunos e professores.
 
Site: www.petrochronics.com
 
Origem do público-alvo: Interno e Externo
 
Caracterização do público-alvo:
Alunos de graduação e pós-graduação e professores e pesquisadores que trabalham ou tem interesse em trabalhar com Petrocronologia. Alunos de escolas, graduação e profissionais das Geociências constituem o público-alvo das postagens de divulgação científica nas redes sociais do grupo. Alunos do ensino fundamental e médio, e principalmente, de cursos técnicos com ligação com Geologia, por exemplo de Química e Mineração, são o público das atividades de divulgação e popularização da Petrocronologia
 
Captação por edital de fomento: Não
 
Articulado com política pública: Não
 
 
ESTUDANTES MEMBROS DA EQUIPE
 
Plano de atividades:
1) Participação em reunião semanal para discussão da pesquisa desenvolvida pelos alunos de pós-graduação, pesquisadores e professores. As reuniões tiveram início em 2019 e têm sido virtuais desde 2020 com a pandemia de COVID 19.
2) Organização, preparação de material de divulgação e mediação de palestras no canal do YouTube do grupo.
3) Preparação de material do grupo como apresentações, vídeos de divulgação, site, etc;
4) Preparação e organização de conteúdo científico para divulgação.
5) Realização de debates para discutir temas importantes da geologia.
6) Pesquisa de temas de interesse e atuais para trazer nas palestras.
7) Preparação de “newsletter” informando atividades do grupo para os colaboradores.
8) Participação em eventos e atividades de divulgação científica (e.g., mesa redonda, debates, etc).
9) Apresentações para alunos de ensino médio com objetivo de divulgar e popularizar a Petrocronologia, introduzindo e divulgando as aplicações da Petrocronologia através de palestras, aulas e atividades práticas que serão ministradas e elaboradas por professores do Departamento de Geologia e pelos alunos da Pós-graduação em Geologia. Os temas abordados serão, por exemplo:
- “Como é formada e quanto tempo demora a formação de uma montanha como o Himalaia?” - “Como a química ajuda a contar a história da evolução da Terra?”
 
Plano de acompanhamento e orientação:
Os membros do grupo de extensão e que organizam as atividades são coordenados pela Profa. Mahyra Tedeschi e pela aluna de doutorado Mariana Madeira. As atividades realizadas com as escolas de ensino fundamental e médio, além de organizadas pelo grupo de extensão, também incluem os alunos que de graduação e pós-graduação que fazem parte do grupo PETROCHRONICS e participam das reuniões semanais para discussões dos projetos e das atividades.
 
Processo de avaliação:
Os alunos envolvidos nas atividades desenvolvidas através do canal do Youtube, Instagram e Twitter são avaliados quanto a realização das atividades e qualidade delas através da interação e feedback do público. As atividades desempenhadas da divulgação científica em escolas serão avaliadas através de questionários a serem aplicados à organização destas instituições e aos alunos, visando aprimorar as atividades.
 
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS
 
Infra-estrutura física:
O projeto poderá utilizar as instalações do IGC-UFMG para realização dos cursos e palestras, tendo sido autorizada a utilização das instalações por parte da diretoria do Instituto de Geociências, do Departamento de Geologia e do Programa de Pós-graduação em Geologia.

Vínculo com Ensino: Sim
Vínculo com Pesquisa: Sim
Público estimado: 350
 
 
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
 
Informações adicionais:
O site está em construção com previsão de lançamento em junho de 2022.
 

   

Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha - Prédio da Reitoria, 6º andar - Belo Horizonte - MG
Fones: (31) 3409-4062 Fax: (31) 3409-4068 - E-mail: siex@proex.ufmg.br