Bem-vindo(a) Visitante sair | minha ufmg
SIEX/UFMG
Ações de Extensão
Georreferenciamento
Contato e Suporte
 
       

Projeto - 400171 - Projeto Boletim Bairro a Bairro

Registro: 400171
Aprovado pelo CENEX em: 08/07/2016
 
Status: Desatualizado
 
Título: Projeto Boletim Bairro a Bairro
 
Data de início: 18/10/2010 Previsão de término:
28/02/2017
 
   
 
Data da última aprovação pelo Órgão Competente: 14/06/2016
 
Órgão Competente: Cenex
 
 
CARACTERIZAÇÃO
 
Ano em que se iniciou a ação: 1997
 
Unidade: Escola de Ciência Informação
 
Departamento: Depto Organizacao e Tratamento da Informacao
 
Programa vinculado: Carro-Biblioteca: Frente de Leitura
Principal Área Temática de Extensão: Comunicação
 
Área Temática de Extensão Afim: Cultura
 
Linha de Extensão: Jornalismo
 
Grande Área do Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas
 
Palavras-chave: Boletim informativo; jornal comunitário; leitura
 
 
DESCRIÇÃO
 
Apresentação e justificativa:
O Boletim Bairro a Bairro caracteriza-se como um instrumento de comunicação e interação entre as comunidades que integram o Programa Carro-Biblioteca: Frente de Leitura da Escola de Ciência da Informação. Foi implementado em 1997, por iniciativa de uma aluna do Curso de Graduação em Biblioteconomia que, sendo moradora de um dos bairros então atendidos pelo Carro Biblioteca, decidiu desenvolver um projeto que contemplasse uma publicação de caráter comunitário. Em sua concepção original, o projeto caracterizou-se pela publicação de informações utilitárias e de fácil leitura, visando a comunicação de assuntos do cotidiano das comunidades. Em 2003 foi realizado um concurso entre as comunidades atendidas pelo Carro Biblioteca, para a escolha da logomarca do Boletim, que foi adotada pela equipe no período de 2003 a 2006. Em 2007, com o início da circulação do novo veículo do Carro-Biblioteca e início das atividades de inclusão digital, a logomarca do boletim foi substituída pela logomarca do novo veículo, a fim de ressaltar a integração entre os projetos que compõem o Programa Carro-Biblioteca: Frente de Leitura. Desde então, o boletim foi reestruturado de tal forma a refletir uma identidade própria, e vem sendo produzido mensalmente, com tiragem de 300 exemplares. É distribuído na primeira semana do mês entre os usuários das comunidades atendidas pelo Carro (Morada Nova, Bairro da Lagoa, Goiânia, São Marcos e São Benedito) e, na semana subseqüente, para o corpo docente dos cursos de graduação e pós-graduação da ECI/UFMG de modo a divulgar as atividades promovidas pelo programa de extensão entre os professores desta Escola. A receptividade do Boletim Bairro a Bairro pelas comunidades é avaliada positivamente: os usuários, além de demandarem a entrega mensal do boletim, valorizarem a publicação e incentivarem sua permanência, participam inclusive de sua concepção, sugerindo matérias e assuntos a serem veiculados. O Boletim consiste em instrumento capaz de levar ao conhecimento das comunidades atendidas pelo Carro-Biblioteca as realizações e demandas da própria comunidade, além de garantir o relacionamento e a troca de informações entre as cinco comunidades entre si, bem como entre as comunidades e a universidade. Além dos resultados alcançados nas comunidades, caracterizando a função da extensão, o boletim, por constituir um serviço de disseminação da informação, é utilizado em disciplinas do curso de biblioteconomia e em pesquisas na ciência da informação. Para 2011 pretende-se dar continuidade às atividades já desenvolvidas com o boletim impresso e divulgar sua versão eletrônica em site do Carro-Biblioteca, a ser projetado e implementado ao longo do projeto. Prevê-se, ainda, a organização do acervo fotográfico do projeto para realizar mostras do material fotográfico para as comunidades envolvidas.
 
Objetivos gerais:
Criar instrumentos de informação e de comunicação entre as comunidades atendidas pelo Carro-Biblioteca, em consonância com as concepções metodológicas que orientam o Programa Carro Biblioteca:Frente de Leitura, contemplando a participação das comunidades atendidas e discutindo a importância da leitura, e a função social das bibliotecas enquanto espaço de acesso à informação para a construção da cidadania.
 
Objetivos específicos:
-Definir estratégias e ações de comunicação para o estabelecimento de contatos com os representantes das comunidades atendidas pelo Carro-Biblioteca para a formação de equipe de trabalho conjunto. -Garantir a manutenção da produção do Boletim Bairro a Bairro em seu formato tradicional, impresso, veiculado mensalmente entre as comunidades visitadas pelo Carro, contando com participação dos bolsistas do programa e dos usuários das comunidades. -Disponibilizar versão eletrônica desse mesmo Boletim na Internet. -Manter suportes para disseminação da informação, fazendo uso dos recursos tecnológicos disponíveis no novo veículo: criação de blogs alimentados pelas próprias comunidades, depoimentos dos moradores das comunidades; exposição fotográfica. -Organizar atividades visando a introdução do bolsista do Boletim nos conceitos básicos da literatura na área de comunicação comunitária. -Incrementar a produção dos veículos de comunicação comunitária para que se transformem também em instrumento de organização e mobilização das comunidades possibilitando a emancipação das comunidades visitadas há mais tempo pelo Carro.
 
Metodologia:
Em seu formato tradicional, o boletim é estruturado em oito páginas, contendo um total de seis seções: uma matéria principal que tem como tema algum fato importante para a população; uma receita e uma indicação de leitura (preferencialmente, sugeridas por usuários do Carro- Biblioteca); uma matéria sobre saúde, comportamento e meio ambiente; outra sobre algum serviço oferecido pela UFMG aberto ao público externo e, finalmente, uma matéria sobre cada comunidade visitada, que funciona em sistema de rodízio, de modo que em cada número haja uma matéria sobre uma das cinco comunidades. Os bolsistas seguem um cronograma mensal em que há reuniões de trabalho para avaliação do impacto do número recém distribuído nas comunidades bem como organização e divisão de tarefas para o número seguinte. Após essas reuniões, ao longo de duas semanas, os bolsistas atuam nas comunidades envolvendo seus membros na produção das matérias. Findo este processo o boletim é editorado e, na seqüência, revisado por toda a equipe. Revisão final é feita, ainda, pela coordenação do projeto. Em seguida providencia-se a reprodução dos exemplares para distribuição. A metodologia que permite a consecução desta rotina é promovida pelo contato direto dos editores do Boletim com a comunidade, incentivando sua participação na produção das matérias. Esta metodologia garante a circulação mensal do Boletim, a integração da equipe com a comunidade e a integração entre os diferentes projetos do Programa Carro-Biblioteca.
 
Forma de avaliação da ação de Extensão:
Pretende-se que o processo de avaliação seja constante. Através de reuniões entre a equipe e coordenação do projeto e também de entrevistas aplicadas aos usuários do Carro serão aferidos os seguintes indicadores: nível de integração entre as comunidades e o projeto, conteúdo e adequação da linguagem do Boletim e dos demais instrumentos de comunicação e informação produzidos, consonância de interesses entre o público-alvo e a equipe; consonância entre as informações produzidas no boletim e os objetivos do Programa Carro-Biblioteca. Esta avaliação deverá ser realizada bimestralmente, com a participação de toda equipe.
 
Site: www.eci.ufmg.br/cenex
 
Origem do público-alvo: Externo
 
Caracterização do público-alvo:
Integrantes das comunidades atendidas pelo Carro-Biblioteca na Grande BH: Morada Nova, Bairro da Lagoa, Goiânia, São Marcos e São Benedito; docentes e discentes do curso de Biblioteconomia.
 
Captação por edital de fomento: Sim
 
Articulado com política pública: Não
 
 
ESTUDANTES MEMBROS DA EQUIPE
 
Plano de atividades:
Em linhas gerais as atividades a serem executadas pelos bolsistas, podem ser esquematizadas nos seguintes itens: 1. Participar de discussões teóricas coordenadas pela coordenação do Projeto Boletim Bairro a Bairro e pela coordenação do Programa e dos demais projetos que o integram, com objetivo de definir atividades que busquem aproximar e sensibilizar os moradores das comunidades sobre a importância de implantação de um serviço de biblioteca comunitária em sua região. 2. Definir estratégias metodológicas visando implementar atividades para que os moradores das comunidades participem de forma direta do processo de elaboração da pauta, produção e distribuição do Boletim, do blog e da exposição fotográfica nas comunidades. 3. Realizar em cada região uma exposição fotográfica sobre cada comunidade e os registros do processo de elaboração da Mostra.
 
Plano de acompanhamento e orientação:
O desenvolvimento do projeto é elaborado em conjunto pela coordenadora do projeto e bolsistas. São realizadas reuniões de pauta, elaboração dos textos, produção do boletim. As atividades são estabelecidas em reuniões presenciais e trocas de e-mails. Estão previstas visitas as comunidades atendidas pelo Carro-Biblioteca.
 
Processo de avaliação:
O bolsista terá a supervisão permanente da coordenação. Além disso, avaliações de equipe serão feitas mensalmente, através de reuniões, com a apresentação de comentários dos bolsistas sobre o desenvolvimento das etapas do trabalho, identificando dificuldades e possíveis meios de solucioná-las. Finalmente, serão feitas duas avaliações semestrais embasadas nos formulários de avaliação da PROEX.
 
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS
 
Infra-estrutura física:
Carro-Biblioteca e telecentro: onibus equipado com biblioteca e telecentro. Computadores para edição do material.
Vínculo com Ensino: Sim
Vínculo com Pesquisa: Sim
Público estimado: 600
 
 
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
 
Informações adicionais:
Solicita-se a liberação de mais 1 bolsa porque o Carro Biblioteca visita as comunidades em 2 períodos: manhã e tarde.
 

   

Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha - Prédio da Reitoria, 6º andar - Belo Horizonte - MG
Fones: (31) 3409-4070/3409-4062 Fax: (31) 3409-4068 - E-mail: gab@proex.ufmg.br