Bem-vindo(a) Visitante sair | minha ufmg
SIEX/UFMG
Ações de Extensão
Georreferenciamento
Contato e Suporte
 
       

Prestação de serviço - 302753 - EPIC - Escolas Solares

Registro: 302753
Aprovado pelo CENEX em: 03/08/2020
 
Status: Desatualizado
 
Título: EPIC - Escolas Solares
 
Data de início: 08/05/2019 Previsão de término:
15/12/2019
 
   
 
Data da última aprovação pelo Órgão Competente: 08/05/2019
 
Órgão Competente: Congregação
 
 
CARACTERIZAÇÃO
 
Ano em que se iniciou a ação: 2019
 
Unidade: Escola de Arquitetura
 
Departamento: Departamento de Tec Arquitetura e Urbanismo
 
Caracterização: Serviço Eventual
Subcaracterização: Consultoria
Programa vinculado: COMPASSO - EPIC: Parcerias educacionais para inovações em comunidades
Projeto: SEM VÍNCULO
Principal Área Temática de Extensão: Tecnologia e Produção
 
Área Temática de Extensão Afim: Educação
 
Linha de Extensão: Desenvolvimento Tecnológico
 
Grande Área do Conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas
 
Palavras-chave: escola pública; eficiência energética; usina solar
habitação de interesse social; segurança energética
 
 
DESCRIÇÃO
 
Apresentação e justificativa:
Trata de aplicar a APO para avaliação do consumo energético de escolas públicas municipais de Belo Horizonte, identificando as oportunidades para a melhoria da eficiência energética, segurança elétrica e potencial gerador das edificações, considerando a Resolução ANEEL 482/2012.
O projeto desenvolve um caso de estudo, selecionado a partir de critérios de (a) tipicidade, (b) localização em uma das áreas identificadas como mais vulneráveis às mudanças climáticas no município e (c) dentro da amostragem de trabalho anterior sobre potencial de eficiência energética nas escolas municipais. A experiência será multiplicada em outras escolas da rede municipal e servirá de base para a expansão das aplicações da energia solar para a comunidade do entorno da escola, diminuindo as ligações clandestinas na rede da concessionária, ampliando o acesso à energia e a segurança energética de populações carentes.
 
Objetivos gerais:
Identificar as condições de consumo energético, melhoria de eficiência energética e potencial gerador fotovoltaico de uma escola municipal de Belo Horizonte (caso de estudo).
Identificar o potencial gerador de energia por conversão solar do tecido urbano de entorno do caso de estudo, buscando expandir as aplicações da energia solar para a comunidade, a partir do exemplo de sua escola.
 
Objetivos específicos:
Fase 1: Caso de estudo Escola Municipal
- levantar os ambientes, iluminação artificial, aparelhos elétricos e perfis de uso de um caso de estudo de escolas públicas do município de Belo Horizonte;
- elaborar um modelo de desagregação de consumo por usos finais e ambientes calibrado pelas contas de energia
- identificar as oportunidades de melhoria da eficiência energética numa escola pública;
- preparar um caso de estudo para apresentação à Chamada Pública de Projetos em Eficiência Energética da CEMIG.
Fase 2: Caso de estudo Moradias locais
- levantar os usos de energia em moradias locais, com a participação das famílias;
- elaborar um modelo de desagregação de consumo por usos finais e ambientes residenciais calibrado pelas contas de energia;
- preparar uma proposta para a inserção de sistema de energia solar em moradias locais.
 
Metodologia:
Fase 1: Caso de estudo Escola Municipal
Levantamento de campo segundo técnicas da APO (avaliação pós-ocupação) para auditoria energética e avaliação das condições de consumo de energia. Desenvolvimento de projeto para caso de estudo e transferência tecnológica para a municipalidade e/ou comunidade.
Fase 2: Caso de estudo Moradias locais
Levantamento de campo segundo técnicas da APO (avaliação pós-ocupação) para auditoria energética residencial em amostra de moradias típicas locais. Modelagem do tecido urbano em modelos computacionais micrometeorológicos e de energia solar (programas ENVI-met e EnergyPlus), para avaliar o potencial gerador de energia e a viabilidade de expansão de sistemas solares no ambiente construído. Desenvolvimento de proposta para a inserção de sistema de energia solar em moradias locais.
 
Forma de avaliação da ação de Extensão:
Análise custo-benefício, medição e verificação após a implantação do projeto executivo no caso de estudo da escola municipal.
Análise custo-benefício e acompanhamento do consumo energético de pelo menos uma moradia após a implantação do sistema de energia solar.
Formação de empresa júnior para sistematizar e expandir o trabalho para outras escolas municipais, dando escalabilidade à abordagem, para fins de multiplicação de resultados e suporte à municipalidade na captação de recursos para a implantação das propostas.
 
Site: -
 
Origem do público-alvo: Externo
 
Caracterização do público-alvo:
Pessoal técnico da administração pública municipal de Belo Horizonte envolvido no projeto e gestão de edifícios escolares; professores, funcionários e alunos da escola estudo de caso. Moradores locais engajados na Fase 2
 
Captação por edital de fomento: Não
 
Articulado com política pública: Sim
 
 
ESTUDANTES MEMBROS DA EQUIPE
 
Plano de atividades:
Fase 1: Caso de estudo Escola Municipal
- Treinamento em APO e análise de consumo energético de edificações;
- Alimentação e calibração de modelo de consumo de energia predial, com ;
- Aplicação da metodologia para certificação de eficiência energética de uma edificação, segundo o Selo PROCEL (etiqueta ENCE);
- Pesquisa de materiais e componentes energeticamente eficientes
- Desenvolvimento supervisionado de projeto de iluminação artificial eficiente e especificação de aparelhos e motores eficientes
- Treinamento em análise de custo-benefício
- Acompanhamento do gerenciamento de implantação do projeto.

Fase 2: Caso de estudo Moradias locais
- Treinamento nos programas ENVI-met e EnergyPlus;
- Edição da área urbana de entorno da escola e simulação computacional do comportamento micrometeorológico atual e cenários futuros com intervenções propostas;
- Modelagem de moradias típicas e simulação computacional do consumo e suprimento de energia por conversão solar, a partir do desempenho térmico da habitação e dos perfis de uso e ocupação das famílias;
- Elaboração supervisionada de proposta de implantação de sistema solar em moradias locais;
- Acompanhamento das reuniões com a comunidade e agentes públicos.
 
Plano de acompanhamento e orientação:
- Reuniões semanais para acompanhamento das tarefas;
- Acompanhamento das reuniões com as comunidades das escolas municipais, com os técnicos da municipalidade e gestores da Secretaria Municipal de Educação;
- Orientação para participação em eventos técnico-científicos;
- Orientação na organização do trabalho e elaboração de relatórios.
 
Processo de avaliação:
- Cumprimento do cronograma de trabalho;
- Participação pró-ativa nas atividades da equipe de trabalho;
- Participação em eventos técnico-científicos;
- Engajamento e iniciativa.
 
 
INFORMAÇÕES ESPECÍFICAS
Infra-estrutura física:
Laboratório de Conforto Ambiental e Eficiência Energética de Edifícios (LABCON). O LABCON conta com instrumentação para medições in loco de variáveis ambientais de interesse. O LABCON conta com pessoal capacitado no uso dos programas computacionais citados e está atualmente envidando esforços junto ao Dep. TAU para a renovação da licença educacional do programa ENVI-met, versão 4, científica.

O projeto conta também com o apoio da escola em estudo e com o CRAS da região, para reuniões locais com professores, agentes públicos e moradores interessados no projeto.
Vínculo com Ensino: Sim
Vínculo com Pesquisa: Sim
Execuções
 
Público estimado: 1.000
 
 
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
 
Informações adicionais:
Trabalho desenvolvimento em parceria com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, no âmbito do Programa de Extensão COMPasso.
 

   

Av. Antônio Carlos, 6627 - Campus Pampulha - Prédio da Reitoria, 6º andar - Belo Horizonte - MG
Fones: (31) 3409-4062 Fax: (31) 3409-4068 - E-mail: siex@proex.ufmg.br